Amamentação: Sabores e Dissabores

 

Segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, a amamentação é a principal forma de garantir nutrientes para um bebê recém-nascido. O aleitamento materno exclusivo é indicado até os 6 meses de idade, só a partir daí o bebê pode começar a ingerir outros alimentos.

 

O leite materno é o alimento ideal para seu bebê, nele, ele encontra tudo que precisa para crescer forte e saudável. A amamentação exclusiva é o ideal até o seis meses de vida, mas a mamãe pode continuar amamentando por quanto tempo quiser. Depois dos 6 meses, o bebê vai precisar de outros alimentos para complementar sua alimentação.

 

Sabendo da importância do leite materno para seu bebê, vamos falar sobre os sabores e dissabores que envolvem o processo de amamentação.

 

Amamentar dói?

Amamentar pode doer, por vários motivos! A experiência da amamentação é muito única, e vai ser diferente para cada mãe. Existem vários motivos que podem gerar dor ou desconforto ao amamentar: bico rachado (fissuras ao redor dos mamilos), peito muito cheio, pega errada (do bebê) e outros. A pega errada do bebê é algo que vocês dois precisam trabalhar juntos, ensine o bebê a abocanhar toda a auréola do seio e não somente o bico. O processo pode ser doloroso no início, peça ajuda de pessoas próximas e procure ler sobre o assunto.

 

Prepare-se

Durante o pré-natal o assunto amamentação pode ficar de lado, procure ler sobre o assunto. O processo não é tão “natural” quanto se fala, é um processo de aprendizado como qualquer outro. Prepare-se para ele e lembre-se não existe “leite fraco”, o leite materno é o melhor alimento para o seu bebê e nenhuma fórmula o substitui.

 

Meu leite é pouco?

 

O que estimula a produção de leite é a sucção do bebê.  Ou seja, se o leite parece pouco, coloque o bebê para mamar mais vezes, ele é o estimulante dessa cadeia de produção.

O stress não afeta a produção de leite materno, mas pode afetar sua expulsão, bloqueando a passagem do leite.

Mantenha uma boa alimentação durante a amamentação e fique atento ao ingerir medicamentos, eles podem afetar a qualidade do leite materno.

 

Dar de mamar trás benefícios para você e seu bebê

 

A amamentação deve ser iniciada logo após o parto, o primeiro leite materno, chamado de colostro é considerado pelos especialistas a primeira vacina do bebê. Pois, se trata de um líquido, rico em nutrientes e anticorpos. O colostro pode ter um aspecto amarelado, um pouco diferente o leite comum, mas ele é super poderoso para seu bebê!

Amamentar queima calorias! Sim, amamentar pode te fazer perder peso, por isso é importante manter uma boa alimentação. Amamentar traz diversos benefícios para a mamãe, atrasa a menstruação por um tempo e evita doenças como  cancro nos ovários e de osteoporose numa idade mais avançada.

 

Apesar de seus dissabores, amamentar é tudo de bom! O aleitamento materno é o primeiro contato pele a pele entre mamãe e bebê, um processo de transformação e cumplicidade entre os dois.

Para as mamães que não conseguirem amamentar da forma tradicional, não desista desse momento com o seu bebê, seja como for, o processo de alimentação é mágico e único.

 

Aproveitem!

Mamãe de primeira viagem? Dá uma passada na BB Trends!